Arquivo para fevereiro, 2005

Bolada

Esse ano a minha festa de aniversário foi numa quadra de futebol society. Chamei todos os meus amigos. A gente jogava um pouco de futebol, comia um churrasquinho… Tava bom…

Até meu pai deu uma idéia:

– Rogerinho, junta seus colega pra gente jogar um futebolzinho! Vai ser o time dos solteiros contra o dos casados! (ele já tava meio bêbado)

Então foi todo mundo pra quadra. O time dos solteiros era eu e os meus colegas. E o dos casados, meu pai e os pais deles.

Assim que começou um careca já chegou dando uma tesoura no Felipinho (os velhos eram mó cavalão…)Depois foi a vez do Dioguinho. Um barbudo bundudo (acho que era pai do Geraldinho. Parecia com ele…). Bom, o barbudo chegou dividindo a bola com o Dioguinho e quase dividiu ele no meio! Literalmente!

Eu já tava até com medo de jogar. Fui indo de fininho pra lateral do campo, fingindo que ia tomar água. Achava até que ia escapar. Mas me enganei. Nessa hora eu senti uma dor fortíssima (igual a do parto), fiquei até sem ar. Só consegui me deitar e ficar na posição de cócoras para aliviar um pouco. Meus colegas até me ajudaram, levantando e abaixando as minhas pernas.

Depois, no hospital, foi que pude entender direito o que aconteceu. Meu pai, ao me ver saindo do campo, sentou um bicudo na bola e me acertou bem no meio do meu saco (meu pai é muito trouxa… puta que o pariu…)

Depois que o jogo acabou ele veio me visitar, mas parecia que ainda estava um pouco tonto. Junto com ele estava o médico. O dr. disse pro meu pai:

– O Rogério está bem agora, com os analgésicos as dores acabaram. Mas com esse choque, o canal uretrário dele foi afetado.

Na mesma hora meu pai falou, todo risonho:

– ó! Tá chique, hem Rogerinho! Fez até vasectomia! Que legal hem filhão!

Com essa notícia eu até fiquei mais feliz. Doeu, mas pelo menos a bolada serviu pralguma coisa…

UMA SEMANA DEPOIS…

Hoje a professora de Biologia explicou o que é vasectomia. Eu chorei.