Psicólogo

Um dia, meus pais vieram conversar comigo. Eles falaram que eu estava muito desobediente e precisava de ir num psicólogo. O meu pai marcou uma consulta pra mim com um amigo dele. Eu fiquei preocupado, porque o psicólogo poderia achar que eu sou doido, aí meu pai iria me bater. Pensei assim:

– Qualquer coisa que o cara perguntar, eu vou responder de um jeito que ele não pense que eu sou doido.

No dia da consulta, fui de terno e gravata para o amigo do meu pai não desconfiar que eu era skatista. Ele, logo que me viu, fez uma cara de espanto e começou a fazer anotações num bloquinho.

Pediu para eu me sentar. Eu me sentei devagarinho, para parecer educado. O cara fez mais algumas anotações e disse que iria me dar alguns testes para analizar a minha personalidade.

Os testes eram muito fáceis. Parecia coisa de pré-primário. Eu estava confiante que iria me sair bem.

Mostrei que estava bem informado sobre as guerras atuais: desenhei o Osama Bin Laden fazendo um atentado e o Saddam Hussein jogando armas químicas na população. O psicólogo disse que ia analisar os papéis e passar o resultado para o meu pai.

Uma semana depois, quando eu até já tinha esquecido disso, cheguei em casa e vi a minha mãe chorando:

– Ai meu Deus, meu filho tem problema!

Meu pai estava do lado dela com um papel na mão – o resultado do teste. Ele me mostrou, e estava escrito que eu era “maníaco patológico”. Falou que eu não tinha jeito e que já tinha reservado uma vaga pra mim na FEBEM.

Caminhei triste para o meu quarto e vi que as minhas roupas já estavam todas numa mala. Foi quando senti uma dor de repente – era meu pai me batendo com o cinto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s